11 de jan de 2013

{FIC} O Maior Idiota do Mundo


Capítulo 17

- Como qualquer pessoa normal! - Sua voz era de uma indignação sem tamanho, me senti importante duas vezes - Você o machucou demais, Jordan. Não teve pena.
- Não venha com esse papo de que o machuquei demais, pois ele mereceu o que teve. E ainda tem essa história da gravidez, isso está me tirando do sério! E se você acha que eu vou ajudar com... - Gesticulou, aparentemente sem saber como falar -Isso está muito enganada, nem tenho certeza se esse filho é meu. Se é que você está grávida, já que fez o favor de mal olhar pra minha cara essa semana. Acabou, acabou... Cansei de você. Vê se me esquece. - Seus lábios tremiam. Se ela chorasse seria muito mal. Muito mal mesmo. Estava tudo calmo, mas logo o silêncio deu lugar à cochichos quando Lua simplesmente saiu correndo, as lágrimas começando a rolar pelo rosto. Meu coração se apertou imediatamente. Senti uma enorme vontade de ir atrás dela, mas não o faria. Não correndo o risco de me preocupar e sair magoado como da última vez. Desta vez eu tentaria fingir que não aconteceu.
- Oi Mel - Micael Borges chegou com um sorriso bobo no rosto depois de um tempo. - Tudo bem? - Vi os olhos de Mel brilharem no mesmo instante. Mais dois apaixonados. Virei um pouco a cabeça e pude ver Sophia e Chay dançando, ele sussurrando alguma coisa em seu ouvido. Mel e Micael já conversavam e eu não vi razão nenhuma em continuar empatando os dois.
- Aí Mel, vou lá fora tomar um ar beleza? - Lancei um olhar significativo para Micael.
- Eu vou com você, ué. - Ela já se preparava para dar tchau ao seu, aparentemente, 'amigo'.
- Pode deixar, eu respiro sozinho. - Ri - Divirta-se. - Me afastei um pouco e virei-me rapidamente, gritando - Cuida bem dela hein?! - Micael riu e eles continuaram conversando.
Lá fora o ar era puro, tudo muito calmo. Dava até pra ouvir uns grilinhos cantando, tudo ótimo. Me afastei um pouco mais e respirei fundo, a calma e o silêncio sendo interrompidos por fungadas e soluços. Franzi o cenho e varri os olhos pelo jardim, encontrando uma figura pequena e frágil encolhida sobre o banco, com o rosto entre os braços. Minhas pernas pareciam ter vida própria, meu coração começou a bater mais rápido e o tempo parecia ter parado. Encostei em seu ombro, mesmo hesitante, mesmo que minha razão gritasse 'NÃO, NÃO FAÇA ISSO' e o coração, todo contraditório, implorava para que fosse feito. Fui incapaz de falar alguma coisa, porque simplesmente não sabia o que falar. Ela o fez por mim.
- O que você quer aqui? Rir de mim como vi várias pessoas fazendo lá dentro? Não perca seu tempo. - A raiva era evidente em sua voz, mas a mágoa também.
- Eu queria saber se você estava bem... Apenas isso. - Fui sincero. Ela riu sem humor.
- Ah, depois disso você ainda acha que eu estaria bem? É um idiota mesmo. - Foi a minha vez de rir sem um pingo de vontade.
- Eu só quero saber uma coisa... - Ela levantou o olhar, me fitou com os olhos brilhantes ainda cheios de lágrimas - Como, mesmo assim, chorando, você consegue ser desse jeito?
- Desse jeito c-como? - Respirou fundo, a voz ainda carregada pelo choro que aos poucos cessava.
- Tão arrogante, interesseira.Achar que está sempre certa, que a razão é sempre sua. Achar que pode pisar em quem quiser, que pode ser melhor que qualquer pessoa.
- Se acha tudo isso então porquê ainda está aqui?
- P-porque eu... eu gosto de você. - Ela me olhava atônita.
- G-gosta de m-mim?
- Por mais que eu me odeie por isso gosto. Muito mais do que você merece. Mesmo me tratando como lixo, me fazendo sentir ainda mais insignificante, eu ainda sim consigo gostar de você.
- Arthur e-eu... eu...
- Você não tem ideia do quanto já me fez sofrer. - Apertei os olhos, as lembranças dolorosas implorando para sair da minha boca. Não as impedi. - Tudo que já me fez, e eu lutei pra esquecer, mas simplesmente não consigo.
- O que e-eu fiz c-com você? - Sua voz cheia de falhas pelo choro que já parecia voltar.
Creditos: Vanessa Aguiar

12 comentários:

  1. +++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

    ResponderExcluir
  2. Bem feito pra Lua. Quem mandou ser malvada.

    ResponderExcluir
  3. Se ela estiver mesmo grávida, não quero que o Arthur queira ela.

    ResponderExcluir
  4. Rá!! Joga tudo na cara dela Thur! Lua, sua má!!(a da web, obviamente) Talvez assim ela aprende a virar gente! Quem ela pensa que é pra pisar em tudo e todos??? Ruuuuun' (me animei aki kkkkk)

    ResponderExcluir
  5. ameiiiiiiiiiiiiii mt mais cara tipo ta perfeito a lua n pode ficar gravida caso ela fique o arthur tenque ser o unico a ficar do lado dela p ela aprender
    by : gaby

    ResponderExcluir
  6. parece q a Lua tem seus motivos p ser assim mas até eu fiquei com pena do Aguiar nessa web tomara q ela mude e não esteja grávida...se o Arthur gosta da Lua desde pequeno ele é virgem?tipo vai perder com ela?kkk essa web é td ao contrário das outras amando

    ResponderExcluir
  7. Meu Deus eu to amando essa WEB!!!
    PF Posta maaaaaaaaaaaaaaaaais!

    ResponderExcluir
  8. posta +++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

    ResponderExcluir