14 de jan de 2013

Web's de Capitulo Único


Capitulo Único: Amor de Toda Vida P. 2


Créditos: Cecília e Shaianny (Dona do blog) 
Classificação: Sexo. Nudez. Contêm cenas de sexo. Vocabulário inapropriado. 


Amor de toda vida: Parte final


Pov Arthur

Acordei muito feliz ao olhar e encontrar Lua ao meu lado, sorri e vi como eu tinha sorte de te-lá. Olhei no meu relógio e pensei "Puta que pariu! To atrasado!" Já eram 8:30 tinha que chegar no trabalho 8:20. Sai da cama de vagar e escrevi um bilhete pra Luh e me arrumei e fui embora. Estava chegando no sinal e quando vou freiar...
Thur- Que porra é essa?!- tentei de novo freiar mais depois não adiantava! Meu carro estava em alta velocidade por conta do atraso e não vi nada mais que um breu! 

Pov Lua

Acordei e não vi o Thur do meu lado, mas encontrei um bilhete. 

"Luh, 
          Adorei a noite passada com voce, me encontre mais tarde na minha casa, estarei te esperando...
                                         Beijos, Arthur."

Sorri feito boba, estava muito feliz, agora sim eu teria uma família. Arthur eu e o nosso filho. Ahhh....ai! Do nada senti um aperto no coracao...pressentimento ruim...ai Lua para com isso! Deve ser bobagem da minha cabeça! Resolvi tomar um banho pra ver se tirava essa sensação. 

Pov Pérola

Ótimo! O Arthur já foi, agora so falta aquela loira azeda! Com certeza eles iam se encontrar na casa dele ou...é com certeza na casa dele! Do jeito que o Thur é ele deveria muito bem querer repertir a dose o que eu num entendo quando o caso é a loira azeda ne? E é pra lá que eu vou, já que tenho a chave! Haha! Ahh me aguarde Lua Maria...

Pov Lua

Tinha terminado o banho e resolvi tomar café, estava morrendo de fome! Comi ate não agüentar mais! Como estava de folga hoje resolvi passar o dia em casa, assistindo filmes e comendo porcarias. Passei uma horas do meu dia assistindo filmes e olhei no relógio e vi que seria uma boa hora ir na casa do Thur agora. Me levantei e fui em direção ao meu quarto. 

Pov Arthur 

Tentei abrir os olhos mas pesavam muito, tentei de novo e não consegui e resolvi deixar pra lá. Fui tentar levantar o braço e...não consegui também! Me sentia fraco sem forcas nem para abrir os olhos. Entao comecei a ouvir a porta se batendo, como se tivesse sido aberta, ouvi certas vozes que reconheci...era de Chay e mica
Chay- Ele...- soluçou- Ta em coma mica...- ouvi mais outro soluço do Chay. Mas quem? Quem esta em coma? 
Mica- Ele vai...- fungou- Vai sair dessa cara...- tambem percebi que chorava. Mais que porra! O que ta acontecendo afinal?! 

Pov Pérola 

Meu deus! To aqui na casa do Thur a horas e nada dessa loira azeda chegar! To ficando impaciente! Pêra ai...o que eu ouvi foi a porta se batendo? Corri pro andar de cima e me escondi no corredor, perto da escada! 
Lua- Thur? Ta ai meu amor?- Afs! Vem luazinha...sobe tenho uma surpresinha pra voce meu amor! E olha! Num é que a tolinha num ta subindo mesmo. Quando ela chegou no ultimo degrau eu apareci e percebi que ela ficou tensa. Tambem ficaria se estivesse que nem ela...ela esta na frente de alguém que quer mata-lá e atras de um lance de escadas perigosamente alto! 
Lua- Pé-Pérola? O que faz aqui?- ela tentava sair entre eu e a escada mais eu a impedia
Pérola- To aqui pra matar uma pessoa que meu deu chifres!- fuzilei ela com o olhar
Lua- Cade o thur? 
Pérola- Não se preucupe...já cuidei dele bem deiteitinho...Agora so falta voce!- cheguei bem perto dela fazendo nossos rostos ficarem bem próximos.- Sua ultimas palavras? 
Lua- Pode fazer qualquer coisa comigo, mas por favor não faz nada com meu filho ou o Arthur!- Que?!
Pérola- Que?!
Lua- Isso mesmo to esperando um filho do Arthur!- me enfureci ainda mais sabendo disso! 
Pérola- Va pro inferno!!- empurrei ela e a mesma rodou escada a baixo. Quando chegou no chão estava desmaiada com um corte na cabeca e sua barriga estava sangrando. Não me importei e sai da casa o mais rápido possível. 

Pov Lua 

Acordei em uma cama de hospital cheia de aparelhos pelo corpo, olhei pro lado e encontrei Mel e Sophia deitadas, dormindo, no sofá com uma aparência abatida e cansada e com os rostos enchados, sinais que choraram muito. Mel começa a se levantar e vem em minha direção
Mel- Ohh amiga! Que bom que voce acordou...- me abraçou chorando
Lua- Mel que qui houve?- falei num entendendo nada. Sophia acorda
Soh- Amiga!- vem e me abraça 
Lua- Gente vocês tão começando a me assustar...o meu bebe? Ele...ele ta bem ne?- Sophia e Mel se olharam 
Sophia- Ér...Luh, acho melhor voce descansar agora...- ta me escondendo algo
Lua- Fala Sophia! Mel?- olhei pra ela incentivando 
Mel- Amiga...Voce...- fungou- voce perdeu o bebe- começou a chorar. Eu fiquei parada com o olhar fixo e depois de uns 3 minutos me dei conta. Eu…eu perdi o meu filho! Comecei a chorar, chorar muito! 
Lua- Po-po-Por que?- tava gaguejando muito 
Sophia- A queda da escada foi alta..- tambem começou a chorar. A Pérola é a cupada! Ela que me jogou na escada! Meu Deus! O Thur! Já perdi meu filho não posso tambem perder o amor da minha vida! 
Lua- E-e-o th-Thur?- se olharam de novo! Mais que porra! So falta ele...Não Lua! Não termina esse pensamento!! 
Soh- Ele...ele- soluçou- Ta...em coma...- han?! O meu Thur?!- Ele sofreu um acidente- soluçou- de carro...
Mel- Ainda não sabem por que mas, suspeitam que alguém- Pérola- Sabotou o carro dele...
Lua- Foi a pérola!! Ela me empurrou da escada!! Filha da mãe!- meu choro so se intensificou. 
Soh- Se acalma Luh...voce acabou de sair de um aborto...- acabei chorando ainda mais quando ela falou no aborto. Meu deus! O meu Thur ta em coma e eu perdi o meu filho!!! AHHH! Quero morrer!! 

Alguns meses depois…

Pov Thur

Com muito mais muito esforço abri os olhos a visão estava ruim e eu comecei a piscar varias vezes para a imagem ficar melhor. Quando consegui ver o que tinha na minha frente me deparei com a Lua chorando perto de mim
Lua- Ainda bem -soluçou- que voce acordou meu amor…- acariciou meu rosto
Thur- Como assim?- falei com voz fraca
Lua- Voce tava em coma...- chegou perto de mim e deu um selinho demorado enquanto eu acariciava seu cabelo de leve. Agora entendi de quem o Mice e o Chay falavam...han?! Eu?! Em coma?! Sai do selinho com o cenho franzido
Thur- Han? Coma?- ela balançou a cabeca positivamente. 
Lua- Voce sofreu um acidente, seu carro foi sabatado, pela pérola mais não se preucupa que ela já ta presa...e eu te procurei pra te falar que voce ia ser pai...- sorri na hora! Pai! Eu vou ser...epa! Como assim "Ia" ?!
Thur- Mas o porque do ia?- ainda com o sorriso no rosto e ela começa a chorar
Lua- A pérola- fungou-… ela me jogou escada a baixo da sua casa me fazendo perder o bebe- O sorriso do meu rosto sumiu e que o apareceu foi so lagrimas por todo o rosto, eu nem mesmo sabia que ia ser pai...e quando eu descubro...ele...ou ela...morreu. 
Lua- Calma meu amor, a gente vai tentar outra vez...- sorriu fraca e me beijou e eu já queria intensificar o beijo puxando ela pra cama junto comigo, ela já estava com o joelho na cama e sai do beijo ofegante e com a boca vermelha
Lua- Quando falo pra gente tentar de novo não digo aqui.kkk...

Seis ano depois…

Rafael- Papai, mamãe parem de se beijar! Isso é nojento! 
Marcela- Concordo! Parem!- soltei da boca da Lua e olhei pros dois
Thur- Ué, vocês num querem mais um irmaozinho não é?- sorri malicioso pra Lua que me bate fraco no braço. 
Marcela- Não! Já tava de bom tamanho so eu e o rafa veio...
Lua- Kkk....Marcela! Voce so é 1 ano mais velha dele. - Marcela forma um bico. Bom...acho que não estao entendendo muito ne? Entao, depois que eu recuperei totalmente do coma eu a Lua nos casamos e em seguida tivemos a Marcela e um ano  depois o Rafa. Nossa família esta completa e muito feliz...Ah pérola? Nunca mais ouvimos falar dela (frase de conto de fadas...aff não liguem!) a ultima vez que soubemos dela foi que ainda estava presa, foi o que eu ouvi. 
Lua- Thur...- olho pra ela
Thur- Que foi amor?- ela sorri pra mim
Lua- Tenho um presente pra voce
Thur- Hmmm....- sorrio safado- Vamo lá pra dentro de casa- quarto- pra voce me mostrar entao...- já comeco a puxar ela pela mao mas ela não levanta- Que foi?
Lua- Não da pra ver o presente- sento de novo
Thur- Han? - faço bico. Ela pega a minha mao e coloca em sua barriga 
Lua- To gravida...- sorri com os olhos marejados. 
Thur- Eu vou ser pai de novo?- sorrio mais ainda quando ela mexe a cabeca com um sim. Beijo ela e depois sua barriga. 
Rafa- Eu vou ter um irmaozinho?- sorri com a possibilidade 
Thur- Vai sim meu filho...ou ate uma irmazinha...
Rafa- Ahh não...já num basta essa chata aqui num vo agüentar outra não...tem que ser macho! Rum!- esse meu filho
Thur&Lua- Kkkk! 
Marcela- Tem é que ser uma menina...mas, mãe como pode?- lua para de rir
Lua- O que filha?
Marcela- Engoliu a coitada da minha irma!! - comeco a gargalha!!  E a Lua tambem! 
Rafa- É verdade...mamãe, como voce conseguiu engoliu ela? 
Lua- O seu...pai! Ele colocou uma sementinha na minha horta- kkkk! 
Marcela- Han? 
Thur- Kkkkk...Quando voce crescer a mamãe te explica. Kkkk! 
Rafa- Semente? Horta? Irmão? Iiiih...ta muito confuso tudo isso!- senta emburrado


A felicidade aparece para aqueles que choram. Para aqueles que se machucam. Para aqueles que buscam e tentam sempre.

Clarice Lispector 

FIM

8 comentários: