15 de jan de 2013

{FIC} Lignes de L'amour


Cap 15 /  2ºtemp Ultimo Capitulo



Advertência: Capítulo altamente emotivo!



















- Boa tarde a todos. Sejam muito bem-vindos a mais uma festa da Escola Primária Leonardo da Vinci. Hoje teremos uma apresentação muito especial do nono ano, que este ano, deixarão de ser alunos do primário, para tornar-se alunos do secundário. E para essa apresentação especial, teremos como tema O AMOR.


Após muitas apresentações, chegou a vez da minha menininha, Summer.


Sun, como carinhosamente a chamamos é a cara da mãe. Aqueles cabelos encaracolados, e aquele rosto tão meigo e com aquele génio tão calmo, mas com os olhos, aqueles olhos que me olhavam com tanta ternura desde bebé, eram idênticos ao do pai. Mas mesmo assim, só de olha-la era possível ver Amélie de novo em todos os aspectos.


Parece que foi ontem, o tempo em que ela passava longos dias comigo, correndo pela casa apenas de fralda e gritando Vovô para todos os lados. A minha princesinha cresceu e eu realmente estava ficando velho. Olhei para a cadeira vazia ao meu lado e sorri tristemente voltando a atenção na apresentação de minha neta.


                                                      ***


Leiam escutando: Pimentas do Reino - Saudade


                                                      ***







O que é o amor?


Talvez, se eu ainda fosse uma menininha, acreditaria e até mesmo responderia que amor, é quando você passa o dia todo fora e quando retorna para casa, o seu cachorro está te esperando, abanando o rabo e pulando de felicidade, mesmo que você o tenha deixado o dia inteiro só.


Não digo que isso não seja amor, é amor, mas é um amor diferente.


Amor, amor de verdade, daquele forte, arrebatador, verdadeiro e perfeito, na minha concepção é resumido em duas pessoas, Lua Blanco e Arthur Aguiar, meus avós.


Eu posso não ter vivido a mesma época em que eles viveram, mas o que eu vi e o que eu ouvi, é a mais pura prova da existência do verdadeiro amor.


Meus avós enfrentaram diversos obstáculos para ficarem juntos. E quando conseguiram, o viveram da forma mais intensa que possa haver.







Quando bate a saudade. Eu pego as cartas eu leio, eu releio
Aspiro bem fundo o perfume o seu cheiro. Na fotografia que você me deu, e eu







Amor, era o que eu via quando, mesmo após tantos anos de casados, meu avô chegava com um buquê das flores preferidas de minha avó e dizia o como ela ficava mais bonita com o passar dos anos.


Amor, era o que eu via, quando minha avó olhava apaixonadamente para o meu avô e afirmava que quanto mais os anos passavam, mais ela o amava.


Amor, foi o que eu vi, quando minha avó adoeceu, e meu avô mesmo com dores, passou dias a fio, sentado em uma cadeira, segurando sua mão.


Amor, estava nas lágrimas de meu avô quando soube da morte de minha avó.


Mas há quem diga que o amor acaba neste momento, talvez isso seja verdade, mas o verdadeiro amor, o amor mesmo, eu ainda vejo.


Vejo-o nos olhos do meu avô quando pronuncia o nome dela e continuo vendo, quando ele olha para as fotos dela pela casa.







Quando bate a vontade . Eu fecho os meus olhos me vem o teu rosto
Teu sorriso meigo a tua voz, o teu gosto. Ah como eu queria poder te abraçar, te tocar







Vejo-o ainda, quando ele conta das loucuras de amor vividas a dois.


Vejo-o ainda, quando ele em quase todos os dias, continua levando suas flores favoritas e dizendo o quanto ela ainda é especial em sua vida.


Vejo-o ainda, quando ele faz questão de lembrar, dos aniversários de casamento, das datas especiais e de seu aniversário.


Porque, amor, quando é amor de verdade, quando as linhas do amor se cruzam para formar uma história, é para sempre.


Porque, o amor, há o amor!


Não posso negar que as lágrimas correram por meus olhos ao ouvir as palavras de Sun, e meus braços se abriram para lhe receber em um abraço.


Olhei em volta e sorri.


Lua poderia ter partido, mas havia me proporcionado a melhor vida e me dado a melhor família que alguém poderia ter.








                                                                                                              The End 2ª Temporada.



18 comentários:

  1. Eu chorei, foi muito lindo, foi perfeito, tipo tô emocionada ainda...

    ResponderExcluir
  2. Chorei! Sério, muito lindooo!! Muito perfeitoo! Ainda to chorando...

    ResponderExcluir
  3. Eu chorei MUUIITO !! É muito lindo, muito perfeito !!

    ResponderExcluir
  4. nossa chorei muito parabéns a web ficou perfeita

    ResponderExcluir
  5. Eu ainda to chorando e muito lindo, ai meu Deus. Parabens ao escritor. By: Patricia.

    ResponderExcluir
  6. Ai que lindo..Pena que a Lu, morreu!!! Parabéns pra quem escreveu, vai fundo nisso, vc tem um grande futuro como escritor(a)!!

    ResponderExcluir
  7. Foi lindo mas ñ queria q a Lua tivesse morrido!! Parabéns pa outora pq esse cap foi realmente lindo!!

    ResponderExcluir
  8. muitoo lindaa a web ameiii ..umas das web que eu contava os munitos parar ler ..muito lindaaa esta e parabens a autora

    ResponderExcluir
  9. To muito emocionada , chorei muito Parabens foi muito lindo

    ResponderExcluir
  10. foi a web que eu mais chorei,parabens a autora...
    ass: Carol

    ResponderExcluir
  11. Cara eu to chorando aqui :') parabens

    ResponderExcluir
  12. Nossaaaaaaa , a melhor web que eu li na minha vidaa , mtmt boom *-* .. Parabéns

    ResponderExcluir
  13. Melhor Web que já li até agora,parabéns. Estou muito emocionada,não estou medindo,pois pedi meu avo e sei como minha vó ficou,é muito triste. E esse Web é P-E-R-F-E-I-T-O com todas as letras *-*

    ResponderExcluir
  14. Ameiiiiiiiiiii!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Choreiiiiiiii muitooooooooo ta de parabéns

    ResponderExcluir
  15. caraca! tô chorando até agora! essa foi a web que eu mais chorei :o perfeita amei! tava com tanta saudade dessa música!

    ResponderExcluir