6 de jan de 2013

{FIC} O Maior Idiota do Mundo


Capítulo 12


A distância, vergonha e planos para as férias

'E na distância morro todo dia sem você saber...'


 Estava rindo fraquinho de uma piada boba qualquer que Chay havia me contado. Ele e Sophia estavam tentando me animar. A verdade é que depois do banho, dos curativos que Sophia havia feito e de uma boa tarde de sono eu já estava ficando bem. Na medida do possível. Mas fiquei com um certo frio na barriga quando meu pai chegou assoviando em casa. Quer dizer, eu já havia levado alguns socos outra vez... Muitas outras vezes, na verdade. Nunca havia tomado uma surra como hoje, e me perguntava como ele iria reagir.
- Uh, sha la la... I love you baby - Cantarolou entrando na sala todo feliz - E aí crian...ças. - Sua voz parecia ter sumido quando ele pousou seus olhos em mim. - O que aconteceu? - Sophia suspirou e começou a lhe contar tudo... Ou quase tudo. Na verdade ela escondeu a maior parte - no caso, sobre Lua.
- ... E foi isso. Mas pode ficar tranquilo, tio. Nós chamamos a diretora e ela vai tomar as devidas providências.
- Esse é o mínimo que ela pode fazer. Ô Arthur, tá na hora de aprender a brigar né meu filho? Você não pode ficar parado deixando que as pessoas te machuquem. - Parecia meio indignado, mas eu não evitei uma risadinha sem graça. Ele me abraçou forte, batendo de leve em meu ombro como sempre fazia. - Eu já volto.

Ficamos em silêncio enquanto meu pai pegava o telefone.
- Antônio? Grande Antônio... - Chay me olhou curioso - ... Preciso de um favor seu, irmão. Um grande favor. - Ah não. Tio Antônio era um louco por 'esportes e vida saudável'. Várias vezes tinha tentado fazer Chay - seu filho - deixar de ser um gordo preguiçoso. Foi inútil. O tio mais legal e engraçado que tenho, tirando a mania de me chamar de desnutrido magricelo.
- Vou te explicar melhor... - Ele subiu as escadas, nos deixando ainda mais curioso.
- O que que o Tio Fernando quer com meu pai? - levantou uma sombrancelha
- Eu sei lá. - Dei de ombros.
- Acho que vou embora... - Sophia bocejou, olhando pela janela - Já é tarde. Fica bem Arthur. - Me deu um beijo e virou-se para Chay, aparentemente sem saber o que fazer. - Ér... Tchau? - Ele sorriu pra ela, se levantando.
- Já está tarde, vou te levar em casa.
- M-mas, não. Não precisa, é sério... - Murmurava enquanto ele a arrastava.
- Precisa sim. Vamos logo e pare de dar desculpas. - Abriu a porta e gritou - Jaja tô de volta Arthur.
- Tá legal. - Gritei de volta, me deitando no sofá.
Meu pai desceu as escadas e me olhou, dando um sorriso em seguida.
- Você vai passar as férias na casa do Antônio. Tudo bem pra você?
- Tudo bem sim. - Ri, tirando o cabelo do olho.
- Já tá na hora de cortar essa juba, Arthur. Você não enxerga nada. - Bagunçou meu cabelo
- Vou cortar, vou cortar. - Revirei os olhos ligando a televisão.
***


Seis horas da manhã. Eu olhava o teto, ainda em dúvida: Ir ou não ir ao colégio. Eu ainda estava muito dolorido, certo. Muito machucado também, certo. Mas algo além do meu corpo estava machucado também... meu orgulho. Isso já é um belo motivo para não querer ir ao colégio. Fechei os olhos e me virei com cuidado, me cobrindo novamente.
- Bora acordar Arthur, você tem aula hoje! - Meu pai bateu na porta do quarto com força, me fazendo dar um leve pulo de susto.
- Não quero ir. Não quero sair daqui. - Resmunguei. Não queria mesmo.
- Trata de se levantar e ir pro colégio, que que é? Nada de ter medo, Arthur. Enfrenta de frente. - Saiu do quarto. Levantei-me, mesmo sem vontade alguma de fazê-lo, preparado pra me arrumar.
Agora, eu sei que as coisas vão ser diferentes. Não sei porquê, mas sei. Só não sei se isso é bom.
Creditos: Vanessa Aguiar

5 comentários:

  1. ++++++++++++++++++++++++++++++++++++

    ResponderExcluir
  2. +++++++++++++++ tou amando sua web

    ResponderExcluir
  3. Ahhha muito boa, faz o arthur mudar logo, ficar fortão e com o cabelo cortado, pra Lua ver o que perdeu .. SMACk.. continua logooooo

    ResponderExcluir
  4. Posta mais, por favor! Essa web é ótima!

    ResponderExcluir
  5. Tomara que quando o Arthur mude e a Lua ver o que perdeu, ele a ignore! Séria TOP

    ResponderExcluir